Saúde do Homem
Inscreva-se para receber
nossas newsletters
Busca Rápida

Bayer no Mundo
Bayer Links
Saúde Masculina

ANDROPAUSA

  • Imprimir
    Imprimir
  • Favoritos
    Favoritos

Sinais, Sintomas e Consequencias

  • Tamanho da fonte:
  • A-
  • A
  • A+

A andropausa, ou seja, a deficiência de testosterona, leva a sérias alterações de saúde. Os sinais e os sintomas variam e dependem da etapa de vida do indivíduo.

Algumas doenças e o próprio envelhecimento mimetizam os sinais da andropausa. A deficiência de testosterona se manifesta clinicamente por múltiplos sintomas, desde os sexuais até os menos específicos, que se refletem na queda do desempenho físico e mental e em problemas neuropsiquiátricos (como depressão, ansiedade, irritabilidade e dificuldade de concentração). Os sintomas não específicos da andropausa raramente são reconhecidos como decorrentes de deficiência androgênica, sendo, assim, atribuídos ao estresse causado pelo trabalho ou a dificuldades do cotidiano.

Eventualmente, alguns homens com deficiência de androgênios apresentam sintomas não específicos da andropausa, como ondas de calor, suores e sensação de frio e palpitações.

Tais sintomas prejudicam a vida sexual, provocando a redução do desejo (libido) e da capacidade de ereção. Entre tantos sinais e sintomas da andropausa, um dos maiores é a ausência de ereções espontâneas pela manhã.

Como a produção de espermatozoides é controlada pela testosterona, a infertilidade também pode ser um dos sinais e sintomas da andropausa.

Conforme o grau de deficiência da testosterona, pode haver também variação dos sinais e sintomas da andropausa, como mudanças do padrão masculino de pelos (crescimento reduzido da barba e diminuição de pelos).

Entre outros sinais e sintomas da andropausa, pode ocorrer perda de massa muscular, o que induz à redução da força muscular e à tendência de aumento da distribuição de gordura, com acúmulo no abdômen.

Se os sinais e sintomas da andropausa não forem tratados, pode haver agravamento do quadro, como osteopenia, que em alguns casos evolui para osteoporose (diminuição da densidade mineral óssea), levando ao aumento do risco de fraturas. Esse fato pode agravar-se com a redução concomitante da massa muscular. O cuidado deve ser maior entre os homens que apresentam outros fatores de risco de osteoporose.

A testosterona ainda estimula a produção de glóbulos vermelhos (hemácias), portanto, a anemia pode, em alguns homens, ser um dos sintomas de andropausa.

Nem todos os homens com deficiência de testosterona apresentam, ao mesmo tempo, os sinais e sintomas de andropausa descritos acima. O quadro normalmente evolui de maneira lenta e progressiva e se acentua de acordo com o grau de deficiência e com o tempo de permanência dos baixos níveis de androgênios.

Não podemos falar em andropausa na puberdade, pois essa denominação só se aplica a pessoas adultas.

Algumas alterações provocadas por deficiência de testosterona na puberdade podem assemelhar-se às da fase adulta. Se o início dos sintomas dessa deficiência incidir na adolescência, a formação das características sexuais secundárias masculinas não ocorre ou ocorre com atraso (a voz não se modifica, a barba não cresce nem surgem pelos no corpo e na região pubiana). Os testículos continuam infantis e pequenos e o pênis não se desenvolve.

A testosterona também é responsável pela finalização do desenvolvimento longitudinal dos ossos longos, fechando as placas de crescimento. Nas crianças com défict de testosterona, por problemas genéticos ou adquiridos e não tratados, os efeitos da deficiência de testosterona podem levar a alterações da proporção corporal, causando a desproporção do segmento inferior em relação ao superior, assim como o alongamento excessivo de pernas e braços.

Deficiência de testosterona ainda no útero

A produção insuficiente de testosterona no período fetal dá lugar ao crescimento inadequado dos órgãos sexuais (como micropênis ou pênis ausente) e, em alguns casos, ocorre o desenvolvimento do fenótipo feminino, embora o feto seja geneticamente masculino (XY).

Leia também
< Voltar
  • Como compensar os abusos

    Exagerou no churrasco ou nas porções do barzinho?

    + mais
  • Depilação a laser

    Todo homem acostuma-se desde a adolescência a fazer a barba.

    + mais
  • Espermograma

    À primeira impressão, a tarefa é das mais fáceis. Afinal de contas, a masturbação deixou de ser um tabu há tempos.

    + mais
  • Esportes de Verão

    A praia oferece atrativos que vão muito além do descanso sob o sol. Entre eles está a prática de exercícios na areia.

    + mais
  • Dia do Homem

    Uma pesquisa mostra o hábito do cuidado da saúde masculina e sua importância

    + mais
  • Traiu e se arrependeu

    Mesmo uma relação estável está sujeita a traições. A principal justificativa da infidelidade é a crise na relação.

    + mais
Avançar >